domingo, 15 de dezembro de 2013

terça-feira, 10 de dezembro de 2013

segunda-feira, 11 de novembro de 2013

COZINHA SAUDÁVEL - MANIFESTANDO O CHEF QUE VOCÊ JÁ É




Vivência Alimentação Integrativa

Dia 18/11

Convido você a compartilhar saberes numa tarde descontraída e repleta de sabores.

O encontro se dará de forma inusitada.
A meditação conduz à culinária, onde algumas receitas serão partilhadas, juntamente com saberes que falam da saúde do Ser Integral.
A cozinha é interativa, você vai ser convidado a criar em cima de algumas receitas propostas.
Não é preciso saber cozinhar, o chef surge naturalmente.
O grande lema é: "Simples, fácil e saudável."
O cardápio escolhido possibilita variações a serem exploradas e enriquecidas por cada um.
Cozinha vegana (sem produtos de origem animal), sem gluten e sem açúcar.

CARDÁPIO

Risoto de quinoa

Torta cremosa de grão de bico com espinafre

Delícia de manga com cranberry



Facilitadora: Anah Locoselli
Segunda, das 14h30 às 17h00
Valor: R$ 192,00
Inscrições com Anah
Fone (11) 97691-8135
Local: Espaço Flor de Luz
Campo Belo - SP/SP

segunda-feira, 14 de outubro de 2013

O PODER DAS ERVAS ALÉM DA COZINHA - Salada Arco-Íris


O poder das ervas é reconhecido por diferentes culturas, um saber que foi sendo difundido e por vezes foi calado. Atualmente existe um grande movimento de resgate deste conhecimento ancestral, alguns estudiosos se apropriam de um conhecimento científico para desvendar as possíveis formas de uso e benefícios provenientes das ervas.

Estes estudos permitem saber as funções de determinada erva, que por sua vez acabam sendo semelhantes aos das "avós curandeiras". 

Aqui faço uma proposta de resgate desta ancestralidade onde o contato com a erva possibilita uma intercomunicação que conduz a sua utilização.

Para começar, o ideal é escolher algumas ervas de uso culinário e cultivá-las em casa,  assim é possível estabelecer um vínculo entre o Ser (Eu) e o Ser (Erva). O ato de semear, cultivar, cuidar da planta se estende ao cuidador, Eu cuido da planta, a planta cuida de mim.

Uma oportunidade de descobrir, conhecer, e fazer brotar a intuição.

Hoje o meu pedido me levou ao coêntro e uma saborosa salada foi ofertada.


Salada Arco-Íris

Ingredientes

1 xícara de feijão fradinho cozido
1 beterraba em filetes
1 cenoura em filetes
2 colheres de sopa de alho poró
1/2 xícara de coêntro
1/2 limão rosa
Azeite extra virgem
Sal

Modo de fazer

Misture todos ingredientes e deixe marinando por pelo menos 1h antes de servir.

Uma delícia para todos sentidos!!!

quinta-feira, 26 de setembro de 2013

HAPPY HOUR NA COZINHA

Dia 10/10

Convido você a compartilhar saberes e sabores num delicioso fim de tarde.

O encontro se dará de forma inusitada. Uma prática meditativa conduzirá à culinária, onde algumas receitas serão partilhadas, juntamente com saberes que falam da saúde do Ser integral.
O grande lema é: “Simples, Fácil e Saudável.”
O cardápio escolhido possibilita variações a serem exploradas e enriquecidas por cada um. 


CARDÁPIO

- Arroz negro com agrião
- Farofa de escarola
- Hamburguer de beterraba
- Salada colorida


Facilitadora: Anah Locoselli
Quinta, das 18h30 as 20h30
Valor: R$ 192,00 
Inscrições com Anah, 
Fone (11) 97691-8135
Local: Espaço Flor de Luz,                            
São Paulo - Campo Belo 


terça-feira, 24 de setembro de 2013

VERDADES MUTÁVEIS - Canapés de Abobrinha


Inspirando e expirando é possível perceber a presença do Ser no momento presente, o que realmente tem sentido é somente o agora.

Consciente do poder do agora o Ser se entrega para aquele instante e passa a perceber o processo de morte e renascimento. Abrindo mão do medo do novo, se desapegando do que já foi, é possível construir novas verdades, que dizem respeito ao Ser do agora.

Essa oportunidade de renascer a todo instante proporciona o desabrochar consciente que pode criar uma nova realidade. A entrega e a confiança conduzem ao encontro da verdade interna.

A alimentação também pede presença, abertura, confiança e entrega, para possibilitar que um novo sabor desperte. A consciência nutricional apresenta um novo mundo onde as verdades internas são imperativas.

Dietas, tabelas nutricionais, relatos institucionais,... perdem lugar para a verdade que aflora toda poderosa, dona de si. A presença direciona para necessidade nutricional do instante.

O Ser renasce todo confiante em seu saber, em seu sabor.

Sabor que tudo é!!!

Cheia de sabor sigo a descortinar os armários da cozinha, conectada a minha verdade de agora e deliciosos canapés de abobrinha enchem de cor e amor a mesa do jantar.

Canapés de Abobrinha

Ingredientes

1 abobrinha fatiada em rodelas
10 castanhas do pará
3 xícaras de agrião
azeite extra virgem
suco de 1/2 limão rosa 
sal 
lascas de cenoura
folhas de hortelã

Modo de fazer

Coloque as castanhas em um processador junto com o agrião 
Adicione o limão, o sal e azeite até obter uma mistura cremosa
Cubra as rodelas de abobrinha com a pasta e enfeite com as lascas de cenoura e folhinhas de hortelã


Descobri que canapés nem sempre precisam de pão como base, uma nova verdade se instalou e encheu de vitalidade todo meu Ser.


quarta-feira, 18 de setembro de 2013

VIVÊNCIA ALIMENTAÇÃO INTEGRATIVA - QUANDO A CARNE SE APRESENTA


Convido você a conhecer os benefícios de uma alimentação consciente, e adquirir saberes para torná-la possível no seu dia a dia.
 
O momento de nutrir surge como uma oportunidade para descobrir as vontades interiores, entrar em contato com seus anseios, suas verdades.
 
Fazendo uso de técnicas de radiônica, constelação sistêmica, ayurveda, meditação, psicologia transpessoal e saberes culinários, com uma abordagem teórica e vivencial, te convido a descobrir o que te nutre, e apropriar-se do seu verdadeiro EU.

VIVÊNCIA
 
Dia 28/09
 
Quando a carne se apresenta

Promovendo descobertas individuais do consumo de carne e seus efeitos no corpo físico, na vitalidade, nas emoções, nos relacionamentos. Percepções conscientes são experienciadas, sem a ingestão real, abrindo espaço para que sua verdade se estabeleça.

Facilitadora: Anah Locoselli
Sábado, das 9 as 12h
Valor:       R$ 192,00 
Inscrições com Anah, 
Fone (11) 97691-8135
Local: Espaço Flor de Luz,                             
R Guaninás, 69 - Campo Belo 

quarta-feira, 4 de setembro de 2013

VIVÊNCIA ALIMENTAÇÃO INTEGRATIVA - Assumindo o poder da criação



Convido você a conhecer os benefícios de uma alimentação consciente, e adquirir saberes para torná-la possível no seu dia a dia.

A cozinha se apresenta como o lugar onde tudo pode, a experimentação é a grande chefe, o lúdico o condutor, a receita a guia, a intuição a Mestra.

O grande lema é: “Simples, Fácil e Saudável.”

Fazendo uso de técnicas de radiônica, constelação sistêmica, ayurveda, meditação, psicologia transpessoal e saberes culinários, com uma abordagem teórica e vivencial, te convido a descobrir o que te nutre, a colocar a mão na massa desenvolvendo a habilidade de criar suas receitas e transformar sua vida!!!

VIVÊNCIA
Dia 14/09


Assumindo o poder da criação

Os nãos são deixados de lado e o chamado conduz à manifestação do chef de cozinha, do chefe da sua própria vida. 



Facilitadora: Anah Locoselli
Sábado, das 9 as 12h
Valor:       R$ 192,00 
Inscrições com Anah, 
Fone (11) 97691-8135
Local: Espaço Flor de Luz, R Guaninás, 69 - Campo Belo 


quinta-feira, 15 de agosto de 2013

VIVÊNCIAS "ALIMENTAÇÃO INTEGRATIVA"



Convido você a conhecer os benefícios de uma alimentação consciente, e adquirir saberes para torná-la possível no seu dia a dia.

A cozinha se apresenta como o lugar onde tudo pode, a experimentação é a grande chefe, o lúdico é o condutor, a receita é a guia, a intuição a Mestra.

O grande lema é: “Simples, Fácil e Saudável.”

Fazendo uso de técnicas de radiônica, constelação sistêmica, ayurveda, meditação, psicologia transpessoal e saberes culinários, com uma abordagem teórica e vivencial, te convido a descobrir o que te nutre, a colocar a mão na massa desenvolvendo a habilidade de criar suas receitas e transformar sua vida!!!

Dia 31/08

Desintoxicando

Eu colho o que eu planto. Minhas escolhas alimentares são responsáveis pela forma como eu me manifesto, meu corpo, meus sentimentos, minha mente. Tomando posse do poder de escolha e preparando o corpo para receber um novo saber. 

Dia 14/09

Assumindo o poder da criação

Os nãos são deixados de lado e o chamado conduz à manifestação do chef de cozinha, do chefe da sua própria vida. 

Os módulos dos dia 28/09, 05/10, 19/10, 09/11, falam de descobertas individuais a respeito de um grupo de alimentos específico, e seus efeitos no corpo físico, na vitalidade, nas emoções, nos relacionamentos. Percepções conscientes são experienciadas abrindo espaço para que sua verdade se estabeleça.

Dia 28/09

Quando a carne se apresenta

Dia 05/10

A verdade sobre o leite e derivados

Dia 19/10

Conhecendo o glúten

Dia 09/11

A realidade do açúcar

Dia 23/11

O poder das ervas além da cozinha

Permitindo que a intuição te guie através do mundo encantado das ervas e revele a sua erva, aquela que ressoa com você. Com grande efeito curador, as ervas transformam o Ser e enchem de sabor os pratos que servem a mesa. Fazendo uso de ervas e especiarias no dia a dia, consciente de seu poder. 

Dia 07/12

Eu fui a feira e não tinha o que eu queria


Abertura, flexibilidade, entrega, confiança, criatividade... Lidando com o novo e explorando suas possibilidades, descobrindo sabores ocultos, promovendo novas verdades, criando.


Facilitadora: Anah Locoselli
Turma aos sábados, das 9 as 12h

Valor:        R$ 192,00 - cada vivência ou
                4 X R$ 344,00 - o pacote com todas as vivências

Inscrições com Anah, fone (11) 97691-8135

Local: Espaço Flor de Luz, R Guaninás, 69 - Campo Belo - SP


terça-feira, 16 de julho de 2013

Curso: "ALIMENTANDO O SER INTEGRAL"


Este curso aborda a forma alimentar do Ser integral, composto por quatro corpos: físico, emocional, mental e espiritual, revelando como se dá sua nutrição total e possibilitando que novas escolhas sejam feitas. A cozinha surge como um centro de cura onde é possível transformar o alimento e o Ser. 
Com uma abordagem teórica e vivencial contempla algumas experimentações:
1 – Trazendo consciência para selecionar os alimentos que nutrem o Ser
As escolhas alimentares revelam como está acontecendo o seu processo nutricional e quais são as desarmonias que estão sendo alimentadas, criando assim a oportunidade de transformar esse hábito de forma consciente e focada.
 2 – Descobrindo o seu sabor, o seu poder
Cada indivíduo tem uma percepção diferenciada sobre o mesmo alimento, que diz respeito a uma leitura sua, a um momento seu. As verdades individuais são acessadas e encontram-se disponíveis para serem apropriadas.
 3 – Modelando a vida
As diferentes formas de se trabalhar um alimento servem de guia para revelar a capacidade criativa de cada pessoa e o seu poder de dirigir o seu viver, de assumir a responsabilidade por suas escolhas, de se tornar dono da própria vida.
 4 – Conquistando seu potencial criativo
A variedade de alimentos inspira o talento criador. Diversos sabores, cores, aromas se apresentam para despertar o dom da criação. As receitas são deixadas de lado, abre-se mão das regras, a liberdade de exploração conduz a expressão.
5 – Desintoxicando e despertando o amor
A desconstrução de crenças alimentares e a descoberta de novas verdades, novos sabores, novas leituras, tornam possível o cuidado amoroso com o Ser que você é. Apropriando-se de alimentos que falam de amor com o seu Ser, que te fazem sorrir e Ser.
 6 – O alimento e as relações
Adquirindo percepções sobre alimentos que criam mecanismos de defesa, impedindo que a relação com o outro se estabeleça. Tomando posse deste conhecimento e criando espaço para que uma nova verdade se instale.
Não existem regras, imposições, doutrinas, cada um é respeitado em seu tempo, em seu processo, em sua individualidade.

Facilitadora: Anah Locoselli
Turma aos sábados, das 9 as 12h
Duração de 6 aulas: dias 17 e 31 de agosto; 14 e 28 de setembro; 5 e 19 de outubro de 2013
Valor: 3x R$344,00 
Inscrições com Anah, fone (11)97691-8135
Local: Espaço Flor de Luz, R Guaninás, 69 - Campo Belo - SP

terça-feira, 18 de junho de 2013

MANIFESTAR E SER


Ontem tive a oportunidade de estar na manifestação que acontecia em SP e vivi um grande sentir, um pertencer, um Ser.

Um pulsar gigante se espalhava de forma mágica e se estendia pela cidade, pelo país, pelo mundo. Um Ser manifesto se fazia presente, urgia, toava, mostrava a cara, acontecia. Tudo Era ! Uma energia contagiante se estendia e revelava a alegria de deixar Ser, de Ser.

Meu sentir revelou o ato político como uma real manifestação do Ser. Um Ser latente que pode viver um momento de despertar e extravasar, de mostrar quem é, de se fazer ouvir, de cantar seu canto. 

Um Ser que venceu o medo de Ser tudo que é!

Também vivi um outro lado do movimento, o do Ser recolhido. Que em seu canto "seguro" temia, encolhia, recolhia-se à TV, e abria espaço para uma leitura alheia. A visão não era sua, a voz não era sua, o medo não era seu, só que ele não sabia.

Crente de que a vida é para Ser vejo um grande Florescer!



Gratidão por estar aqui agora

Para comemorar a manifestação do Ser uma deliciosa Paella Vegetariana, onde sabores, cores, texturas, se mesclam e compõem um só prato!


Paella Vegetariana 

Ingredientes

1 xícara de chá de arroz integral
3 alhos poró em fatias
1 pimenta jalapeño em cubos
2 pimentas cambuci em cubos
1 pimentão
4 cenouras em rodelas finas
1 xícara de chá de ervilhas frescas
250g de palmito pupunha fresco em rodelas
1 brócolis ninja em ramalhetes miúdos
5g de açafrão
4 ramos de salsa crespa
2 colheres de sopa de coêntro fresco
2 colheres de sopa de nirá picadinho
1 colher de chá de páprica picante
3 colheres de sopa de óleo de coco

Modo de Fazer

Cozinhe o arroz em 4 xícaras de água e reserve
Em uma wok coloque o óleo de coco e o alho poró, leve ao fogo 
Quando o alho poró estiver transparente junte a pimenta jalapeño, cambuci, o pimentão e refogue ligeiramente
Acrescente o palmito, as cenouras, o brócolis, as ervilhas, o açafrão, a páprica e refogue por 3 minutos
Junte 2 xícaras de água, tampe a wok e deixe cozinhar até o palmito ficar al dente
Salgue e junte o nirá e o arroz, misture bem até os sabores se misturarem
Acrescente o coêntro e salsa crespa, misture e sirva.


Um grande encontro de sabores que servi emoldurado por uma abóbora perfumada com alecrim.  





RESPIRAR E SER


segunda-feira, 17 de junho de 2013

LATICÍNIOS DEPRIMEM - Abobrinhas em Lâminas de Sabor


Esse encontro com o Sim acabou gerando uma nova percepção alimentar. Recentemente me vi com vontade de comer esfiha, e em vez de entrar em conflito com a opção de excluir o gluten e os laticínios da minha dieta alimentar, disse Sim.

O pedido foi esfiha folhada de mussarela, a qual foi comida inicialmente com prazer e brindada com estranhamento.

Há algum tempo praticando uma alimentação depurativa meu organismo mostrou-se mais sensível para experienciar a real interferência do laticínio no meu organismo.

As reações começaram a acontecer imediatamente, enquanto mordiscava a esfiha uma congestão nasal se instalou e logo me deixou fanha, após meia hora uma alergia se manifestava na minha pele.

Os sintomas continuaram a falar. Fui dormir e meus sonhos se revelaram agitados, causando um real cansaço, passei longe do sono tranquilo e restaurador. Amanheci com uma dor no peito e uma leve tristeza querendo dar as caras.

Comecei a investigar e o saber sentido associava o laticínio a manifestação da tristeza. O corpo emocional havia sido afetado e sinalizava.

Minha leitura me levou a ver que do mesmo jeito que os sinos faciais ficaram congestionados, o canal de comunicação com o Eu também sofreu um bloqueio, dificultando a sua expressão, reprimindo e deprimindo o Ser.

Com esse sentir vivido fui buscar algumas explicações científicas e descobri que a serotonina, o neurotransmissor responsável pela sensação de bem estar é produzida no intestino, e os laticínios são um dos grandes agentes causadores da constipação intestinal, comprometendo a produção de serotonina, cuja deficiência está associada a depressão.

Acabei descobrindo outras coisinhas sobre os laticínios e vou escrever outra postagem, talvez outras, sobre esse assunto.

Querendo ordenar, alinhar, restaurar meu organismo minha super cozinha surge para socorrer e oferece algumas abobrinhas para serem recriadas em deliciosas Lâminas de Sabor.


Abobrinhas em Lâminas de Sabor 

Ingredientes

2 abobrinhas em lâminas
1/4 de pimentão vermelho em cubinhos
2 limões rosa
3 colheres de sopa de folhas de hortelã
1/2 xícara de semente de girassol
1 colher de sopa de óleo de coco
azeite extra virgem
sal a gosto

Modo de Fazer

Coloque as lâminas de abobrinha em uma bacia e regue com o suco de limão, sal e azeite, deixe marinar por 30 minutos
Coloque o óleo de coco em uma frigideira e acrescente as sementes de girassol e um pouco de sal, leve ao fogo até tostarem, reserve
Disponha as lâminas de abobrinha marinadas em uma travessa, salpique com o pimentão, folhas de hortelã e sementes de girassol.


Bom apetite, cheio de muitas alegrias!!!





sexta-feira, 14 de junho de 2013

terça-feira, 4 de junho de 2013

TERAPIA NA COZINHA - Uma Nova Forma de Curar o Ser


Aqui sempre escrevi sobre meus processos vividos e despertados na cozinha, agora vou falar um pouco sobre como desenvolvo o meu trabalho como a terapeuta que experimentou o poder nutridor e transformador existente no alimento em seu próprio Ser.

Após adquirir muito conhecimento, bebendo de diversos saberes, psicologia transpessoal, ayurveda, terapia floral, radiônica, reiki, cristais, meditação, ..., fui selecionando, cotizando, criando uma receita guia, e então juntei tudo em um poderoso caldeirão e dei forma aos meus atendimentos.

Hoje atendo de forma inusitada, a terapia acontece na cozinha! Sim, o meu consultório é formado por uma cozinha unida a uma sala de meditação, algo realmente mágico, acolhedor e transformador.

Com a vontade latente de trabalhar o Ser de forma integral fui me questionando de como poderia alcançar esse objetivo, e a alimentação surgiu como o grande insight condutor.

Vou deixar um pouco mais claro o que é o Ser integral. 

Todo indivíduo é formado por um corpo físico, esse corpo que te sustenta, que te leva e traz; um corpo mental, aquele corpo formado pelos pensamentos; um corpo emocional, o próprio nome já vai dizendo, é o corpo onde as emoções residem; e um corpo espiritual, que é o corpo mais sutil, que traz a sua verdadeira essência, o seu verdadeiro querer.

Diante desse Ser gigante e poderoso pude ver o alimento como agente nutridor de todos esses corpos, vou explicar melhor:

Corpo Físico - A nutrição do corpo físico pode  trazer força, estabilidade, presença, saúde, estrutura, beleza, ... ou não, tudo depende das escolhas feitas, afinal é essencial saber como selecionar o alimento que vai entrar na minha corrente sanguínea, no meu corpo. A consciência de quais alimentos trazem vitalidade é despertada para que cada um adquira hábitos que tragam saúde ao seu Ser. Não existem regras, não existe tempo, não existe limite, existe descobrir, existe querer, existe conquista. Tudo no seu tempo, natural, espontâneo.

Corpo Mental - O corpo mental é nutrido pelos pensamentos individuais e coletivos, podendo causar ansiedade, insegurança, isolamento, ... ou não, tudo depende das escolhas feitas. O despertar do saber individual traz a capacidade de perceber o quanto os meios de comunicação influenciam no seu dia a dia, o quanto o outro interfere na sua vida, o quanto você permite ser guiado por atitudes negativas,... Apropriando-se deste conhecimento fica mais fácil saber escolher o que vai te alimentar. Novamente um link é feito com alimentação física, trazendo clareza para esse momento.

Corpo Emocional - A forma de alimentação do corpo emocional pode gerar raiva, sofrimento, baixa auto-estima, .. ou não, tudo depende das escolhas feitas. A nutrição é direcionada a descoberta das emoções escolhidas para alimentar esse corpo. Algumas questões são levantadas: "Eu quero me nutrir com o medo?", "Eu me alimento de tristeza?", " Eu me alimento do passado?", ... Com o conhecimento das crenças que afloram, é feito um trabalho transformador consciente em paralelo com os alimentos físicos, potencializando este processo.

Corpo Espiritual -  O quanto existe de presença no momento da minha alimentação? Como eu alimento o no meu potencial interno? Quanto eu nutro minhas vontades? O quanto eu me inspiro no que vem de fora? O quanto eu me alimento da minha intuição? Essas e outras questões são provocadas para dar rumo ao movimento de auto conhecimento, e a cozinha surge como um espaço onde existe a permissão para que a criação ocorra segundo as inspirações internas, o alimento carrega o Poder de nutrição, criação, transformação. É chamada a atenção para alguns alimentos que dificultam o acesso a esse corpo, assim como é aberto um leque de opções recheadas de prazer e sabor que nutrem e enchem de deleite o Ser. Não existem privações, somente percepções.

Este trabalho se dá de forma lúdica, recheado por práticas culinárias, meditativas, tendo o prazer como grande condutor, acontecendo na mais perfeita luz, cheio de muito amor e gratidão, respeitando e acolhendo cada um em sua totalidade, em sua individualidade.

quarta-feira, 22 de maio de 2013

ACOLHENDO A DOR, ESCOLHENDO O AMOR - Salada Vitalidade


Não adianta nada dizer que a dor não existe, não há como negar, ela fica ali latejando, marcando presença, meio que dizendo: "Ei, eu estou aqui, olha pra mim."

A grande missão da dor é chamar a atenção para algo que está fora do prumo, em desalinho, ela surge como uma grande sirene pra indicar que tem algo errado acontecendo. Se sigo ignorando seus sinais ela só vai é aumentando e se espalhando.

Acolher a dor é olhar de frente aquilo que está em desarmonia no meu viver, é tomar consciência da minha falta de sintonia com meu real Ser, do quanto estou me desrespeitando e agindo simplesmente levada por impulsos e não pelo pulsar do meu Ser.

Sei que ninguém escolhe sentir dor, pelo menos conscientemente, afinal é desconfortável, não é agradável, incomoda, contudo quando admito sua presença tenho a oportunidade do aprendizado, do crescimento, do fazer diferente. Posso crescer sem dor, mas ai preciso de um pouco mais de presença.

A metafísica da saúde discorre sobre cada tipo de dor/ falta de saúde, relacionando-a a um padrão de comportamento e pensamento que gera diversos males, você pode descobrir um pouco mais lendo o livro Metafísica da Saúde, de Valcapelli, ou A Doença Como Caminho, de Dethlefsen.

Porém acredito que você mais do que ninguém saberá quais são as questões que te causam dor, e só você poderá escolher tomar consciência e trazer Amor para aquela dor.

Olhar a dor com Amor a torna mais leve e vai aos poucos dissolvendo-a e tornando-a mais palatável a ponto dela ceder. Conforme vou me apropriando do meu sentir posso escolher cuidar de mim com muito Amor e não mais negar o que me pertence, o que me é essencial, posso Ser quem realmente Sou, Ser Tudo que Sou.

Nessa escolha por um cuidado amoroso com meu real Ser, percebo que os alimentos que o nutrem falam de Amor, de vitalidade, e assim vou me transformando num cálice transbordante de Amor.

Amante da vida, da cor, da diversidade, faço surgir a Salada Vitalidade.



Salada Vitalidade 

Ingredientes

1 xícara  de lentilha germinada
2 colheres de sopa de pinhão em lâminas
1 alface mimosa
2 xícaras de azedinha
1 maçã fatiada em meia lua
Azeite
Limão
Sal

Modo de Fazer

Como Germinar:

Coloque 3 colheres de sopa de lentilha num vidro e cubra com água limpa
Cubra o vidro com filó e prenda com elástico
Deixe de molho por uma noite (8h)
Despeje a água e enxague bem sob a torneira
Coloque o vidro inclinado num escorredor, em local sombreado e fresco
Enxague pela manhã e à noite. Nos dias quentes é necessário lavar mais vezes
A lentilha leva dois dias para criar seus narizinhos cheios de vida



Parece complicado, mas é só uma questão de hábito

Misture todos ingredientes da salada e sirva.
Eu sempre tempero a maçã separadamente com limão e então a agrego a salada.



Salada Vitalidade, A Missão

Ingredientes

10 cm de palmito fresco
2 colheres de sopa de alho poró
1 maço de rúcula
1/2 maço de azedinha
1 xícara de lentilha germinada
2 maçãs
1/2 xícara de nozes
1 colher de sopa de manjericão fresco 
Limão
1 colher de sopa de azeite extra virgem

Modo de Fazer

Leve o alho poró fatiado e o azeite ao fogo, até o alho poró ficar transparente
Desfie o palmito em tirinhas e agregue a mistura anterior
Regue com o suco de um limão e 5 colheres de sopa de água e deixe o palmito cozinhar em fogo baixo
Retire do fogo e deixe esfriar
Tempere a maçã com limão
Em uma travessa junte todos os ingredientes e misture bem

Molho de Manjericão

Ingredientes

2 colheres de sopa de limão
6 colheres de sopa de azeite
sal
2 colheres de sopa de manjericão

Modo de Fazer

Coloque todos ingredientes em um vidro, tampe e agite como um coquetel
Simples e cheio de sabor

Saladas abençoadas com Vida, Amor e Luz!!!

terça-feira, 21 de maio de 2013

SABOREANDO O AMOR, ELIMINANDO A DOR - Rocambole de Escarola


Eu te convido a experimentar o Amor, deixar ele acontecer e degustar cada instante de sua potencialidade. Se está pensando que já vive o amor em seu dia a dia, vou propor a você  contabilizar o quanto ele realmente está presente em sua vida.

Quando o Amor acontece traz um sentimento cheio de alegria, brilho, prazer, canto, riso,... pura descontração, fluidez, entrega. Ele te deixa rindo a toa, tudo passa a ser visto com bons olhos, você realmente parece estar flutuando em nuvens. É um tal de suspirar sem fim, um mar sem palavras para descrever.

A escolha do Amor é possível a todos, contudo acredito que depois que você  o vivência, essa escolha se torna mais consciente e ganha aquele poder de quero mais.

Após a experiência do Amor você pode continuar sua caminhada fazendo novas escolhas para que ele esteja mais presente em seu dia.

Quando você prova o sabor do Amor a dor vai perdendo espaço, os nãos são menores, os julgamentos passam a não existir, a fluidez vira uma constante, os bloqueios se diluem. Aquele nó se dissolve no momento da experiência e a dor vai sumindo, diminuindo, desaparecendo.

Proponho um passeio pela cozinha para saborear o Amor. 

1- Peça para não ser incomodado, esse é um momento seu
2- Silencie e faça uma respiração profunda
3- Conecte-se com seu Eu Divino colocando-se aberto a experiência
4- Peça para receber todo Amor do qual é merecedor
5- Selecione algumas frutas, de três a cinco variedades
6- Disponha-as em um prato
7- Separe alguns instrumentos, como facas e colheres, para facilitarem a degustação
8- Crie um ambiente agradável, você pode colocar uma toalha na mesa, acender uma vela, enfeitar com flores, lembre-se que você merece tudo que há de bom
9- Coloque uma música que te faz sorrir, que te traz leveza, tranquilidade
10- Aproprie-se das frutas e saboreie-as, sem pressa, brinque com elas, descubra novas formas de parti-las, sinta suas texturas, seus aromas, seus gostos, faça desenhos com elas, misture-as, colora seu prato, deixe sua criança agir, divirta-se, não tenha medo de se sujar, de sentir
11- Explore esse momento em pura entrega, pelo tempo que desejar
12- Aproprie-se das sensações que vão acontecendo
13- Quando estiver satisfeito finalize a experiência 
14- Agradeça pelos sabores descobertos

Eu brindo este momento com um Rocambole de Escarola.


Rocambole de Escarola

250 g de mandioca
1 pé de escarola em fios
2 colheres de sopa de alho poró em rodelas
1 pimenta cambuci em cubos
Sal
Azeite extra virgem

Modo de Fazer

Cozinhe a mandioca até amolecerem e passe pelo processador, agregando sal e um pouco de azeite
Unte uma forma com azeite e distribua o creme de mandioca, estendendo como um tapete fino, e leve para assar em forma untada com azeite e fubá
Quando estiver dourado retire do forno e reserve
Refogue o alho poró e a pimenta cambuci, no azeite, até o alho poró ficar transparente
Junte a escarola e agregue a mistura, salgue e retire do fogo
Distribua a verdura sobre o leito de mandioca e enrole para obter o rocambole


Leve ao forno em assadeira untada com azeite e fubá antes de servir


Você pode variar o recheio conforme o seu sabor, o seu saber.

Que o amor esteja presente em cada momento do seu dia!










segunda-feira, 20 de maio de 2013

ALQUIMISTA GRAÇAS À DEUS - Pão Castanho, Sem Glutén, Sem Ovos, Sem Lactose


O poder de transformar acontece como uma benção, a todo momento posso mudar o meu olhar, o meu agir, o meu pensar.

Eu tenho o poder de construir a minha vida, do jeito que eu quero, valorizando o que me faz bem, o que me faz crescer e Ser. O grande negócio está em saber o que quero, qual a minha verdade, e deixar pra trás o que não me pertence, o que não me faz vibrar.

A todo momento posso escolher fazer diferente e assim seguir modelando o meu viver. Se antes escolhia ser vítima, hoje escolho ser responsável por minhas ações, se antes assumia culpas, hoje sei que faço o meu melhor e não abro espaço para que aconteçam, se antes eu julgava e criticava, hoje aceito e escolho se quero ou não,...

Eu tenho a arte de fazer a minha vida um centro de amor, onde tudo o que acontece é regido por puro Amor, Amor ao Ser que sou. Amando e respeitando esse Ser vou gerando cada instante do meu viver.

Assim como um alquimista que a tudo pode transformar com o seu saber, uso a consciência como mestra da criação.

De posse da alquimista que sou começo a misturar algumas farinhas e surje na minha cozinha um delicioso pão castanho!


Pão Castanho

Ingredientes

4 colheres de sopa de linhaça dourada
12 colheres de sopa de água
1/2 xícara de leite de coco
1 xícara de água
4 colheres de sopa de azeite
1 e 1/2 xícara de farinha de arroz castanho
1/2 xícara de polvilho doce
1/2 xícara de fubá
1 colher de sopa de açúcar demerara
1 colher de chá de sal
2 colheres de sopa de orégano
2 colheres de sopa de semente de girassol
2 colheres de sopa de linhaça dourada
1 colher de sopa de fermento para pão
gergelim para polvilhar

Modo de Fazer

Aqueça as 4 colheres de linhaça com as 12 colheres de água e reserve
Bata no liquidificador o leite do coco, a água, o azeite, a farinha de arroz, o polvilho, o fubá, o açúcar e o sal
Acrescente a mistura reservada
Coloque tudo em uma vasilha e acrescente o orégano, a semente de girassol, a linhaça e misture
Agregue o fermento mexendo com uma espátula
Despeje em assadeira para pães untada com azeite e farinha de arroz castanho
Polvilhe gergelim em sua coberturasasxz
Deixe crescer em local abafado até dobrar de tamanho
Leve para assar em forno préaquecido (180°) por +- 30 minutos


Esse pão é digno de um super alquimista, delicioso e super fácil de fazer!!!


segunda-feira, 13 de maio de 2013

AMOR, AMOR, EU MEREÇO AMOR - Leite de Amêndoas e Croquetes de Amêndoas


Amar é tudo de bom! É um sentir que nasce dentro de cada um e ai começa a brotar e se espalhar, contagiando quem aparece ao redor. É algo mágico e encantado capaz  de trazer mais amor pra vida.

O grande negócio é perceber se realmente estou vivendo o amor, o quanto o amor está presente no meu dia, na minha fala, no meu agir, no meu pensar, no meu Ser.

Na cozinha tenho a oportunidade de observar como o Amor acontece na minha vida. Antes que pergunte como, já começo a explicar:

Quando observo as escolhas que faço para me alimentar descubro quanto amor tenho por mim. Sei quais são os alimentos que me nutrem verdadeiramente e os que me sabotam em todos os níveis. Com essa percepção posso escolher de novo, pego um chicotinho e fico me batendo e me culpando por fazer aquilo comigo, posso me enganar dizendo que é a última vez que como aquilo, posso perceber que ainda tenho alguns medos que não me permitem ousar, posso fazer diferente e mudar a minha forma de me nutrir.

Cheia desse sentir, com um amor gigante pelo Ser que sou, ciente de que mereço todo amor do mundo, cuido com muito amor do meu amado Ser e escolho com muito carinho os alimentos que irão me nutrir.

Hoje deixo aqui uns croquetes de ricota de amêndoa, puro néctar dos deuses que alimentaram o Deus que sou.

Leite de Amêndoas

Ingredientes

15 amêndoas
200 ml de água de coco
1/2 colher de chá de farinha de banana verde

Modo de Fazer

Deixe as amêndoas hidratando por pelo menos 24h, é só colocar em um vidro e cobrir com água e deixar o pote tampado com filó


Retire as cascas das amêndoas
Coloque as amêndoas, a água de coco e a farinha de banana no liquidificador e bata
Se você não tiver a farinha de banana verde pode dispensá-la, a única diferença é que o leite não vai ficar muito cremoso.
Também da pra fazer com água se você não tiver água de coco
Coe com a panela furada, ou um tecido de voil
As amêndoas retidas no tecido podem ser usadas para fazer uma ricota temperada para passar no pão, para rechear canelones de abobrinha,... ou os croquetes de amêndoas

Croquetes de Ricota de Amêndoas


 Ingredientes

Ricota de 20 amêndoas
1/2 abobrinha ralada
Hortelã
Sal
Farinha sem gluten +- 2 colheres de sopa
Gergelim preto
Linhaça dourada

Modo de Fazer

Coloque um punhado de sal sobre a abobrinha e deixe escorrendo
Com a abobrinha bem sequinha junte a hortelã, a ricota e misture bem
Vá colocando aos poucos a farinha sem gluten somente para dar liga
Ajuste o sal e faça pequenos croquetes e envolva-os no gergelim ou na linhaça
Leve-os para assar

Agora é só se deleitar e amarrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrr